Artigos

O que é Data Lake e qual é a diferença de um Data Warehouse?

A maioria das empresas está investindo na coleta de dados no intuito de utilizá-los para embasar decisões. Dentro desse contexto, o Data Lake surge como alternativa para fazer o armazenamento dessas informações.

O investimento na coleta de dados é essencial para o crescimento do negócio, mas, quando não há um processo organizado, pode haver problemas para garantir que todos eles estejam seguros e possam ser consultados posteriormente.

Uma das opções para resolver esse problema é o Data Warehouse, utilizado há muitos anos pelos profissionais que trabalham com data science.

Outra opção é o Data Lake, que conta com muitos benefícios e promete revolucionar a coleta, estudo e armazenamento das informações. Continue lendo para saber mais.

O que é Data Lake?

O Data Lake é um repositório que faz a centralização e armazenamento de todos os dados que a empresa tenha interesse em coletar. Isso ocorre com eles ainda de forma bruta, ou seja, sem a necessidade de passar por qualquer tipo de processamento.

Dessa forma, essa solução é muito procurada por empresas que geram uma grande quantidade de informações diariamente e que desejam fazer o seu tratamento após sua geração, seja por meio de ferramentas de modelagem preditiva ou outras mais avançadas.

Assim, todos os dados ficam organizados e podem ser utilizados quando os colaboradores desejarem ou, ainda, não serem vistos em momento nenhum por não ter utilidade.

Além disso, o Data Lake ainda permite o reaproveitamento das informações, mesmo que elas já tenham passado por um refinamento e organização específica.

Qual é a diferença entre Data Lake e Data Warehouse?

Ao falar sobre Data Lake, sempre há a dúvida sobre as suas diferenças em relação ao Data Warehouse.

Apesar de este último fazer o armazenamento de dados, ele só faz isso para aqueles que já foram refinados e estão prontos para a análise e uso.

Esse funcionamento, apesar de ser útil e ter sido utilizado por muitos anos, pode ser inviável para empresas maiores por diversas razões:

  • impossibilidade de utilizar um dado refinado para outro fim,
  • descarte de informações que, a princípio, não seriam úteis, mas acabam sendo,
  • necessidade de preparar todos os dados gerados para fazer o seu armazenamento.

Já o primeiro, como mencionado, faz a centralização das informações em estado bruto, sem a necessidade de ter um profissional para traçar um planejamento que envolva a escolha, preparação, organização e estruturação delas.

Quais são as vantagens do Data Lake?

As principais vantagens do Data Lake estão relacionadas às facilidades que ele traz para as empresas que estão habituadas a utilizar o Data Warehouse.

Como já exposto, ele permite que o mesmo dado seja reutilizado diversas vezes, assim, é possível responder perguntas que não estavam previstas no planejamento e suprir novas demandas.

Além disso, muitas vezes, os profissionais acabam descartando informações por não dispor de tempo suficiente para fazer o seu refinamento e, posteriormente, descobrem que isso poderia auxiliar a tomar uma decisão ou a lidar com um problema.

O Data Lake, ainda, permite diminuir o tempo utilizado para fazer o tratamento dos dados, o que pode ocupar grande parte da rotina dos profissionais e limitar o tempo para analisar e gerar insights por meio deles.

Dessa forma, essa solução consegue suprir todas as demandas do Data Warehouse e oferecer mais:

  • flexibilidade,
  • facilidade para acessar as informações,
  • possibilidades de análises.


Agora que você sabe mais sobre o Data Lake e as principais vantagens que ele traz para o seu negócio, continue no nosso blog e saiba mais sobre o que a LGPD diz sobre o vazamento de dados.

(Imagens:  divulgação)

Avatar

Autor

Relacionamento CL9 - Tecnologias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Design by VENONE Agência de design